DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

segunda-feira, 3 de julho de 2017

PROMOTOR AMEAÇA E TENTA AGREDIR POLICIAL AO SER ABORDADO; ASSISTA


No último sábado (1º), o promotor de Justiça substituto, Fábio Camilo da Silva, lotado em Guarantã do Norte, em Mato Grosso, se envolveu em uma confusão com policiais militares. Os oficiais teriam sido chamados por uma pessoa que pasou pela BR-163, em Terra Nova do Norte, por volta das 11h e viu um carro parado com dois ocupantes discutindo.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram apenas o promotor, aparentemente embriagado, que ao ser abordado teria praticado abuso de poder, desacatando e ameaçando os militares. Em vídeos gravados por um dos militares, é possível ver o promotor bastante alterado e até tentando agredir um dos policiais. 

A Polícia Militar registrou boletim de ocorrência por abuso de autoridade, desacato, lesão corporal e ameaça. Segundo o BO, o promotor teria ainda dado, mais de uma vez, ordem de prisão ao soldado. Disse também que tinha certeza que a arma que o policial portava tinha numeração raspada e que a polícia iria ‘plantar’ droga em seu carro. Ainda segundo o BO, o promotor deu uma gravata no soldado que lhe abordou e disse que iria matar o policial com a própria arma dele.

No veículo do promotor, os policiais encontraram garrafas de cerveja vazias e uma de uísque. Nas imagens gravadas, Fábio aparece, depois de algemado, bebendo um “líquido estranho” que estava numa garrafa de vidro, e começou a “tomar banho” com as bebidas que estavam no carro. Depois, tirou o short e saiu andando pelo local somente de cueca.

A PM informou que o promotor não foi preso porque tem prerrogativa de função. Ele só poderia ser preso em flagrante por crimes inafiançáveis, como racismo, terrorismo, tortura, tráfico e crimes considerados hediondos. Em nota, o Ministério Público do Estado disse que repudia o fato ocorrido e que está tomando as providências para apurar a conduta do servidor público, que poderá ser exonerado do cargo. O MPE disse ainda que trata-se de um caso isolado.


BOCÃO NEWS

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS