DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

SÉRGIO CABRAL É CONDENADO A 14 ANOS E 2 MESES DE PRISÃO

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), foi condenado a 14 anos e 2 meses de prisão, pelo juiz Sérgio Moro, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. Ele foi acusado de receber, aproximadamente, R$ 2,7 milhões de reais em propina da empreiteira Andrade Gutierrez, entre 2007 e 2011.
A decisão foi publicada pelo sistema de Justiça Federal do Paraná, na manhã desta terça-feira (13), onde ficou estabelecido regime fechado para o inicio de cumprimento da pena. Além disso, Cabral também é réu em outras 9 ações que estão sendo analisadas no Rio de Janeiro.
Sérgio Moro definiu ainda, que Cabral terá de pagar 150 dias de multa pelos crimes de corrução passiva (cada dia equivale a a cinco salários mínimos vigentes em outubro de 2008) e mais 100 dias de multa pelos crimes de lavagem de dinheiro (sendo cada dia equivalente a cinco salários mínimos em maio de 2014), além da pena de reclusão.
Apesar de o ex-governador ter sido condenado, sua esposa, Adriana Ancelmo, foi absolvida por falta de provas suficientes de autoria ou participação nos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
Assim como Sérgio, Wilson Carlos (secretário do governo do Rio na gestão de Cabral) e Carlos Miranda (sócio de Cabral) ficarão interditados de exercer qualquer cargo ou função pública, além de funções como diretor e membro de conselho.
Os três acusados já estão presos. Veja, abaixo, os crimes e os locais onde estão detidos atualmente:

  • Sérgio Cabral: corrupção passiva, 12 crimes de lavagem de dinheiro – 14 anos e 2 meses de prisão (Está preso desde novembro do ano passado, em Benfica, onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP), que foi recentemente reformado)
  • Wilson Carlos Cordeiro de Silva Carvalho: corrupção passiva e dois crimes de lavagem de dinheiro – 10 anos e 8 meses de reclusão (Está preso na Região de Curitiba, também desde novembro)
  • Carlos Emanuel de Carvalho Miranda: corrupção passiva e quatro crimes de lavagem de dinheiro – 12 anos de prisão (Está preso no Rio de Janeiro)
Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS