DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

COMERCIANTES E MOTORISTAS DA FEIRA QUESTIONAM LUIZ DE DEUS: ‘O SENHOR ESTÁ QUERENDO TIRAR EMPREGO E A COMIDA DA BOCA DO POVO?’

A comerciante Maria Alexandre da Silva, dona de um mercadinho em frente ao antigo INSS, na feira livre do bairro Perpétuo Socorro, disse que desde o fechamento do prédio os comerciantes que circundavam o prédio sofreram grandes quedas nas vendas, e agora para liquidar de vez, segundo a comerciante, o prefeito Luiz de Deus (PSD) resolveu tirar de lá as vans que levam passageiros (consumidores) para toda essa região.  

A SENHORA DESABAFA QUESTIONANDO O PREFEITO:

″O que o senhor está querendo fazer é tirar emprego e a comida da boca do povo, desempregar um bocado de gente, e aí, o que o senhor me diz? O senhor já veio olhar aqui como é? Toda vida nós tivemos as vans por aqui, Por que o senhor quer tirar agora, pode me responder Luiz?″   Segundo afirma a comerciante, a prefeitura quer tirar os consumidores da área rural de lá e removê-los para o Lidinalva Cabral. Maria ainda pergunta porque transferir o prédio do INSS e passar a pagar um aluguel de R$ 26 mil no novo. ″O senhor acha isso justo, Dr. Luiz?″   ″Abandonaram o prédio alegando que iria cair, e até agora não caiu, poderiam ter feito a reforma, e não ficar pagando aluguel com o nosso dinheiro″, continuou a comerciante.  

MOTORISTA DE VAN É MULTADO EM R$ 400 PORQUE PAROU PARA PEGAR UM PASSAGEIRO

O que falta aqui é fiscalização melhor para organizar esse trânsito, só passar aqui de hora em hora não adianta em nada. Às vezes tem agentes que chegam aqui para nos multar e se quer entendem da lei (…) eu sei que prejudica o povo que trazemos para dar renda a cidade, a nós e a todos″, disse um motorista que faz a linha para Santa Brígida.

PESOS E MEDIDAS DIFERENTES  

″Eu sou perseguido porque sou teimoso, mas todo cidadão brasileiro tem o direito de trabalhar, mas será que só os carros de transporte coletivo atrapalham o trânsito e os caminhões que veem de São Paulo, Salvador e Sergipe cheio de cargas e ficam aqui três dias no mesmo pondo estacionado não atrapalham a gente, será que somos mesmo nós do transporte alternativo que atrapalhamos?″, diz um outro.


COM A PALAVRA A PREFEITURA MUNICIPAL.

OZILDO ALVES

Postar um comentário

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS