DE MACURURÉ NA BAHIA PARA O MUNDO!

sábado, 23 de setembro de 2017

PAULO AFONSO: DOENTE MENTAL QUE VIVIA NUA NA FEIRA É ACOLHIDA PELO MUNICÍPIO E LEVADA PARA OS “VICENTINOS”





ESTUPRO CORRETIVO EM LÉSBICAS É USADO EM CLÍNICAS DA AMÉRICA DO SUL

Clínicas de reabilitação de dependentes químicos e alcoolismo de países sul-americanos, como Equador e Peru, recebem comprovadamente pacientes gays, lésbicas e trans para tratamento de reversão sexual ou cura gay. A maioria dessas unidades, ditas terapêuticas, é ligada a igrejas cristãs. 

No Brasil, o Ministério Público Federal investiga indícios de processo similar em pelo menos seis centros. Em 2011, autoridades fecharam 30 clínicas que tratavam ilegalmente de gays, lésbicas e trans. Os relatos eram chocantes. Torturas e abusos de toda ordem. Uma das práticas usadas em mulheres lésbicas era o estupro corretivo. Funcionários desses centros cristãos violentavam internas para que pudessem sentir o “verdadeiro e genuíno prazer sexual de uma prática abençoada por Deus”. 
A fotógrafa equatoriana Paola Paredes, lésbica assumida, sentiu na pele esse risco e resolveu investigar o que acontecia nas chamadas “clínicas de Cristo”. O resultado é o ensaio fotográfico “Até Que Você Mude”, uma alusão à capacidade de resistência e, posterior, libertação da interna. Paola Paredes constatou todas as denúncias quatro anos depois desse escândalo e encenou as situações descritas pelas mulheres lésbicas internadas por pais religiosos. Um dos momentos mais revoltantes que Paloma passou foi ter presenciado mulheres sendo obrigadas a se maquiar, usar roupas femininas e desfilar de salto alto em atos de humilhação e escárnio. 

Os áudios foram captados por um gravador colocado no sutiã. Como não podia entrar com câmera nas clínicas, Paloma reproduziu as cenas em fotos nas quais ela protagoniza as situações repugnantes, colocando-se no lugar das mulheres violadas. Há relatos de tortura física, lavagem cerebral por meio de orações e toda ordem de maus-tratos. No Brasil, corre em sigilo no Ministério Público investigação que apura indícios de que seis instituições similares à do Equador tratam clandestinamente de homossexuais. 


São ligadas a igrejas cristãs nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe. Num dos relatos, um jovem de 21 anos, atleta e jogador de futebol, foi sequestrado por enfermeiros em Belo Horizonte enquanto dormia em sua casa. Ele foi levado a uma clínica de reabilitação de drogas a pedido da mãe evangélica. Ficou dois meses internado. 


O ensaio de Paola Paredes provoca o risco de concessões como a que aconteceu nesta semana no Brasil, na qual a Justiça Federal do DF permite que psicólogos tratem quem quiser “voluntariamente”. A medida é movida pelos chamados “Psicólogos de Cristo”, alguns com registros já cassados pelo Conselho Federal de Psicologia. Para voltar a acender essa fogueira da inquisição similar à do Equador, basta riscar o fósforo. O juiz do DF tirou o palito da caixa.



OS COMENTÁRIOS NÃO REPRESENTAM A OPINIÃO DA REDAÇÃO DESTE BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

SOLTEIRA, MULHER FAZ CASAMENTO SEM NOIVO PARA REALIZAR SONHO

Vestido de noiva branco, cristais Swarovski, madrinhas, bolo, véu, marcha nupcial e lua-de-mel. A italiana Laura Mesi, de 40 anos, organizou uma festa de casamento como manda a tradição, mas com uma exceção: sem noivo.
A mulher resolveu organizar o primeiro casamento "single" da Itália para realizar seu sonho de infância. A festa, para 70 convidados, ocorreu em um espaço de agroturismo em Vimercate, na Lombardia. A cerimônia foi conduzida por um amigo da noiva e não tem valor legal ou religioso.
"Há dois anos, tomei uma decisão corajoga: de me casar comigo", contou a noiva. "Ao contrário do que muitos pensam, isso não vem de nenhum sentimento de recompensa ou vingança. Tenho muitos amigos e uma relação belíssima com os homens. Apenas entendi que vivo bem comigo mesma, e esta é a dimensão da minha felicidade e da minha realização", confessou.
Laura mora sozinha há cinco anos e, nos últimos dois, começou a pensar em seu "casamento". "Eu queria me casar, mas sozinha, comigo mesma", disse a italiana, ressaltando que vários amigos e familiares tentaram fazê-la desistir da ideia. "A coragem de fazer isso é uma prova de maturidade", comentou.

"Antes de qualquer coisa, é preciso amar a si mesmo. E é possível viver um conto de fadas sem príncipes", disse.


PAULO AFONSO: FAÇA 6 CURSOS PROFISSIONALIZANTES EM TRÊS DIAS; SAIBA MAIS

Atenção, Paulo Afonso! VC cursos profissionalizantes traz uma oportunidade imperdível para você que quer se profissionalizar: faça seis cursos em três dias.
Confira os cursos: Atendente, recepcionista, telemarketing, auxiliar de escritório, auxiliar administrativo e promotor de vendas.
Os cursos profissionalizantes são gratuitos. Não perca a oportunidade.
As matrículas serão realizadas somente nesta próxima terça-feira: 26 de setembro,
das 8 às 16 horas, no Sinergia.
Para se matricular, basta levar dois quilos de alimentos no ato da matrícula.
Serão emitidos certificados (opcional) válidos em todo Brasil e os cursos poderão ser realizados no período da manhã, tarde ou noite.
Esperamos por você!

Para maiores informações: (82) 9.8234-3773 ou (829.9307-9042 Whatsapp



quinta-feira, 21 de setembro de 2017

3ª PEGA DE BOI NO MATO DA CACIMBA DO MAIA SERÁ NESTE SÁBADO (23/09).

Resgatando tradições e trazendo a cultura nordestina em sua plenitude terá neste próximo sábado (23) a 3ª edição da Pega de boi no mato, na fazenda Cacimba do Maia, onde a qual durante todo o dia haverá várias atividades e muita alegria.
Teremos pela manhã o inicio da pega do boi no mato logo depois muita música boa com Sérgio do Forró e Outras Atrações além das competições.

Estejam todos convidados a este grande evento organizado por “Nego” e família.

MAIORIA DO SUPREMO FEDERAL VOTA PELO ENVIO DA 2ª DENÚNCIA CONTRA TEMER À CÂMARA

BRASÍLIA - A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) votou na tarde desta quarta-feira, 20, contra a suspensão da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça. A sessão foi suspensa e será retomada na quinta-feira, 21.
A defesa do presidente quer a suspensão da tramitação da denúncia, até que sejam esclarecidos os indícios de irregularidade envolvendo as delações do empresário Joesley Batista e do executivo Ricardo Saud, do grupo J&F.
Na prática, independetemente de como votarem os três ministros restantes, a segunda denúncia contra Temer seguirá para a Câmara dos Deputados. Sete dos 11 ministros apoiaram o seguimento da denúncia contra o presidente. Apenas Gilmar Mendes se posicionou contra, e ainda pediu que a denúncia voltasse para a PGR.
O ministro Dias Toffoli acompanhou os colegas, mas ressaltou que o Supremo pode, sim, rejeitar uma denúncia apresentada contra um presidente da República antes da análise da Câmara se entender que há problemas que possibilitem isso. Isso poderia ser feito, de acordo com a visão de Dias Toffoli, se o relator entender que há algum tipo de irregularidade na denúncia e, assim, enviasse o tema para julgamento no plenário antes de decidir pelo envio à Câmara.
Já o ministro Gilmar Mendes divergiu dos colegas e votou para que o envio da denúncia fosse suspenso até a conclusão das investigações sobre os indícios de irregularidade envolvendo delatores do grupo J&F. Gilmar também votou para que a denúncia fosse devolvida à PGR por mencionar fatos que não dizem respeito ao mandato de Temer.
Ainda faltam votar três ministros: a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia; o decano da Corte, Celso de Mello; e Marco Aurélio Mello.
Aptidão. 
O entendimento majoritário dos integrantes da Corte foi no sentido de que a denúncia da PGR deve ser encaminhada à Câmara dos Deputados, cabendo ao STF se pronunciar apenas em momento posterior, caso os parlamentares autorizem o prosseguimento da acusação formal contra o presidente.
“Se a Câmara dos Deputados disser, sim, o STF é livre para verificar da aptidão ou não da denúncia. Se ela é apta ou é inepta. Mas o momento é exatamente de aguardar esse juízo político que antecede ao juízo jurídico", frisou o ministro Luiz Fux.
O ministro Luís Roberto Barroso concordou. “A denúncia se submete a prévio juízo político por parte da Câmara dos Deputados e não há, portanto, razão para se precipitar qualquer pronunciamento do Supremo Tribunal Federal nessa matéria. Não é possível, a meu ver, interferir com a prerrogativa da Câmara e impedir que ela aprecie a admissibilidade da acusação”, disse Barroso.
Para Barroso, neste momento a “palavra está com a Câmara” para saber se há interesse público em saber se fatos narrados na denúncia contra Temer verdadeiramente aconteceram.
“Caberá à Câmara dos Deputados admitir ou não a acusação para que se investigue se é verdade que havia esquemas criminosos na Petrobrás, em Furnas, no Ministério da Integração Nacional, na Caixa Econômica Federal, na Secretaria de Aviação Civil, no Ministério da Agricultura e outros espaços da vida pública”, observou Barroso.
Barroso destacou que a segunda denúncia contra o presidente reúne informações trazidas por outros 15 delatores, entre eles delatores da Odebrecht, o ex-diretor de abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa e a empresária Mônica Moura, mulher do marqueteiro João Santana.
“Ainda que caísse por qualquer razão a delação premiada discutida (de Joesley e Saud) há um conjunto vasto de provas que subsistem íntegras”, frisou Barroso.
Memorial. 
A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou manifestação aos ministros do STF na qual se posiciona contra o pedido da defesa do presidente Michel Temer para tenta barrar o envio da denúncia contra o peemedebista à Câmara dos Deputados. O texto foi entregue aos ministros nesta quarta-feira, por volta de 13h, pouco antes do início da sessão do plenário.
Raquel aponta, no memorial, que “não há lugar para impugnar a viabilidade da denúncia" antes da decisão da Câmara dos Deputados.
A denúncia contra Temer por obstrução de justiça e organização criminosa foi enviada ao STF pelo ex-procurador-geral Rodrigo Janot, no penúltimo dia útil de seu mandato. Esta é a primeira manifestação da procuradora-geral, que sucede Janot, sobre o tema.

OS COMENTÁRIOS NÃO REPRESENTAM A OPINIÃO DA REDAÇÃO DESTE BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM.

RESTOS MORTAIS DE UM HOMEM FORAM ENCONTRADOS NO POVOADO DE FORMOSA, MUNICÍPIO DE MACURURÉ, NA BAHIA

Ossos humanos foram encontrados, na tarde desta quarta-feira (20), embaixo de um umbuzeiro, próximo ao Povoado Formosa, no município de Macururé-BA.
Uma carteira com documentos pessoais em nome de Elias Montes Coelho, de 58 anos de idade, foi encontrada no local, trazendo a suspeita de que os restos mortais sejam do mesmo.
O Sr. Elias estava desaparecido desde o mês de abril deste ano.

O DESAPARECIMENTO
No mês de abril, o caminhoneiro Elias Coelho hospedou-se numa pousado do Povoado Formosa, juntamente com outras pessoas (não há informação se eram parentes ou não) e, durante a noite, teve um surto psicológico, conseguiu fugir da pousada, tentou abrir um estabelecimento comercial, afirmando ser o dono e, logo após, desapareceu.

No dia seguinte, as pessoas que estavam com ele o procuraram e pediram ajuda da população da comunidade para localizar, mas sem êxito.

Dias depois familiares estiveram no povoado em busca de informações e divulgaram cartazes com a foto de Elias e contatos para quem o encontrasse. Segundo informações extraoficiais, ele é/era do Rio de Janeiro.

RESTOS MORTAIS
Os restos mortais, possivelmente de Elias Coelho, foram localizados por um morador do povoado, não muito longe da BR-116.

Não é possível saber a causa e nem quando ocorreu o óbito. Pelo estado que foi encontrado (ossos espalhados), aparentemente já tem alguns meses de falecimento.
A polícia foi acionada para tomar os procedimentos cabíveis.

EM BREVE TRAREMOS NOVAS INFORMAÇÕES.



OS COMENTÁRIOS NÃO REPRESENTAM A OPINIÃO DA REDAÇÃO DESTE BLOG; A RESPONSABILIDADE É DO AUTOR DA MENSAGEM.

SEGUIDORES DO BEIRA RIO NOTÍCIAS